Tipos de Plataformas de E-commerce

Antes de escolher a plataforma de e-commerce ideal para o seu negócio é importante conhecer um pouco das tecnologias disponíveis, atualmente podemos classificá-las em 3 modelos que são, alugadas (prontas), código livre (código fonte aberto) e desenvolvida sob demanda, você também deverá encontrar termos estrangeiros por aí, como On-Premises, SaaS e open source, mas acredite, todas elas se encaixam nesses itens que citei e nada contra, mas se existem termos em português, porque ficar usando palavras em outro idioma?

Cada uma possui vantagens e desvantagens que deverão ser observadas e o que determinará escolha de um ou de outro modelo serão os objetivos a serem alcançados. Caso você tenha interesse em saber mais sobre como escolher a loja virtual ideal para o seu negócio, você precisa LER ISSO AGORA!

Plataforma alugada

São lojas virtuais prontas e padronizadas, desenvolvidas por empresas que disponibilizam a ferramenta mediante o pagamento de um valor mensal que varia entre R$ 30,00 a R$ 500,00, os planos normalmente limitam a uma determinada quantidade de produtos e páginas visualizadas por mês.

Conheça as vantagens e desvantagens:

Vantagens

Baixo custo inicial – é possível contratar uma loja pagando menos de R$ 30,00 por mês;

Rápida implantação – após a contratação, a loja estará disponível em poucos minutos para utilização;

Suporte técnico – de forma geral as melhores empresas do mercado possuem equipes de atendimento que prontamente esclarecerão suas dúvidas;

Atualização tecnológica – para se manter as empresas precisam investir, estar sempre atualizadas com as melhores e mais modernas ferramentas existentes no mercado;

Foco no negócio – o empreendedor se preocupa apenas com o seu negócio, questões referentes a segurança e infraestrutura é gerenciado pela empresa contratada. Caso você queira montar um negócio seguro, rentável e escalável, CLIQUE AQUI e saiba mais!

Desvantagens:

Dependência – o código fonte é da empresa que é proprietária do sistema e normalmente apenas ela tem acesso, se você precisar por algum motivo do código, seja para corrigir problemas ou fazer alguma atualização, não terá acesso;

Identidade visual – limitações em relação ao desenvolvimento do layout da loja, normalmente disponibilizam alguns temas onde será possível trocas imagens, cores e textos, mas se precisar de algo mais específico, não conseguirá alterar;

Tarifas adicionais – normalmente cobram valores adicionais para utilizar determinadas ferramentas, ou espaço em disco adicional ou aumento de visualização de páginas.

Plataformas de código livre

São lojas virtuais desenvolvidas por organizações e/ou comunidades de programadores que liberam acesso ao código fonte, normalmente são fornecidas sem nenhum custo, porém, a adição de ferramentas, plugins e suporte técnico são pagos.

Vantagens

Liberdade – terá acesso ao código fonte e poderá desenvolver novas ferramentas e corrigir bugs, você dominará a tecnologia;

Ferramentas – existem milhares de ferramentas disponíveis, então com poucos cliques e investimento, terá em suas mãos uma plataforma de e-commerce moderna e atualizada;

Custo inicial baixo – para iniciar, fazer testes é relativamente fácil, rápido e barato, alguns provedores disponibilizam formas de instalação automática, basta clicar em um botão e em poucos segundos a loja será instalada.

Desvantagens

Custo alto de manutenção – normalmente existe uma dificuldade na contratação de mão de obra especializada para manutenção e o valor dessa contratação é alto;

Performance – como muitas pessoas colocam a mão e cada programador tem suas particularidades para desenvolver, então normalmente são sistemas mais lentos e que exigem servidores mais sofisticados para funcionar;

Segurança – por ser um sistema aberto, muitos programadores aprendem a explorar falhas e vulnerabilidades e acabam se beneficiando disso para outros propósitos como propagar vírus pela internet.

Tecnologia de plataformas e-commerce

 

 

Plataforma desenvolvida sob demanda (loja própria)

Desenvolvidas exclusivamente para atender as necessidades do usuário é possível criar todas as ferramentas que desejar e implementar a identidade visual com total flexibilidade.

Vantagens:

Propriedade intelectual – você será o dono, desenvolverá todas as ferramentas necessárias para atingir seus objetivos;

Novas ferramentas – poderá criar novas funcionalidades e ferramentas no momento em que precisar;

Personalização – participação e opinião em todas as etapas do desenvolvimento da plataforma de e-commerce.

Desvantagens:

Inicio das operações – demora entre a concepção do projeto e implementação já que terá que ser desenvolvida;

Custo alto – a mão de obra especializada é cara e normalmente será necessário contratar uma equipe para trabalhar no desenvolvimento;

Alto custo de infraestrutura – o custo financeiro para comprar ou contratar servidores e manter equipe de profissionais é alto.

Iniciando no e-commerce?

Deseja iniciar no e-commerce e tem dúvidas sobre como escolher a melhor loja virtual e conhecer as melhores técnicas para atrair visitantes, fazer vendas e faturar entre R$ 10.000,00 a R$ 1000.000,00 por mês? Então CLICA AQUI e confira!